13 de outubro de 2016

Equipe

Para a execução deste projeto, o Instituto Rudá conta com uma equipe permanente de profissionais, que prestam serviços à organização, conhecendo os jovens componentes da Orquestra, e dedicando tempo ao desenvolvimento destes novos talentos:

COORDENAÇÃO E DIREÇÃO ARTÍSTICA: Márcia Melchior

marcia_melchior2Empresária, produtora musical e coordenadora geral das Orquestras Violões do Forte de Copacabana e SindiRefeições RJ desde sua fundação. Promoveu apresentações das Orquestras para mais de 58 mil pessoas, em diversos pontos sócio culturais do Rio de Janeiro e municípios. Dentre os concertos destacam-se as apresentações: com o Trio Filarmônico de Viena no Palácio da Cidade, com l’Orchestre des Jeunes de Houte Bretagne, com a Orquestra de Prefeitos de Tyrol, no Teatro Carlos Gomes, nos auditórios dos colégios Pedro II, na Rio + 20, no Planetário da Gávea, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Palácio Duque de Caxias, com a Cantora Maria Creuza, na Jornada Mundial da Juventude para o Papa Francisco no Forte de Copacabana, no Festival “Travelling RIO” na cidade de Rennes na França, com a Orquestra Popular Thuru, com a Orquestra Sinfônica Aprendiz, com a Orquestra de Sopros da FAETEC, com a Banda Samba do Gnaisse, entre tantas outras. Recebeu Moção da Câmara de Vereadores de Petrópolis, Diploma da Secretaria de Defesa Civil do Rio de Janeiro, Diploma de Agradecimento do Rotary Internacional, Medalha Comemorativa aos 450 anos de fundação da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro e Diploma de Colaborador Emérito do Exército. Recebeu pela Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino – Carlos Gomes, a mais elevada condecoração da Entidade, o Mérito Carlos Gomes”, no grau de Comendadora láurea, através do decreto 7.569 de 04 de janeiro de 1983 devidamente oficializado pela Prefeitura Municipal de Campinas, e medalha de honra ao mérito decreto 4.506 de 11 de julho de 1974, (PMC);. Reconhecida pelo governo federal mediante a portaria 153 do Ministério da Cultura.


DIREÇÃO MUSICAL: Antonio Carlos Marques Pinto

antonio_carlos1Faz parte da dupla Antonio Carlos &Jocafi, que tem inúmeros sucessos em seu currículo. Como compositor teve a oportunidade de gravar com os maiores nomes da música popular brasileira, como Vinícius de Moraes, Orlando Silva, Maísa, Nelson Gonçalves, Toquinho, Clara Nunes, Os Originais do Samba, Doris Monteiro, Jorge Aragão, MÚSICA POPULAR BRASILEIRA-4, Angela Maria, Emílio Santiago, Alcione, Djavan, Daniela Mercury, Jair Rodrigues, D2 entre outros. Uma carreira de sucesso, que inclui a autoria de trilhas sonoras, aberturas e temas para novelas e seriados como “Super Manuela” , “O Primeiro Amor” e “Shazam e o Xerife” na TV Globo. No cinema, à convite do cineasta francês Marcel Camus (internacionalmente conhecido pelo seu trabalho em “Orfeu do Carnaval”), foram convidados para fazer a trilha do filme “Otália da Bahia”, baseado no romance “Pastores da Noite” de Jorge Amado, além de músicas para o filme espanhol “JamónJamón”, entre outros.


REGÊNCIAS DAS APRESENTAÇÕES: Luiz Potter

luiz_potter2É músico instrumentista, compositor, arranjador, maestro, professor e pesquisador. É formando em Licenciatura em Musica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). De 2003 a 2009 integrou a “Orquestra de Sopros da Proarte” como instrumentista tocando violão de 6 e 7 cordas, bandolim, guitarra e flauta transversa, grupo com qual já se apresentou em diversas salas de concerto e teatros do Brasil como Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Sala Cecília Meireles, Teatro Tom Jobim, Teatro Carlos Gomes, Teatro Rival BR, Sala Baden Powell, Grande Teatro Palácio das Artes (MG), Teatro Castro Alves (BA), Teatro Nacional de Brasília (DF) e em programas de TV como Altas Horas (2003) e Jô Soares (2004), em 2005 participou do encontro internacional de orquestras em Salzburg (Áustria), tocando também em outras cidades austríacas numa turnê pelo país. Atualmente atua nesse grupo somente como arranjador, tendo escrito para artistas como Gilberto Gil, João Bosco, Guinga entre outros. Como compositor Luiz Potter tem atuado principalmente escrevendo trilhas para cinema (o curta“Trilhas” de TauanaCarlier e a web serie “Vozes das Ruas”, entre outras) e teatro (o musical “Um chorinho para Dona Baratinha”). Como arranjador escreve com freqüência para orquestras como Orquestra de sopros da Proarte, Orquestra Popular Céu na Terra, Orquestra Revelia, entre outras. Já gravou, dividiu o palco ou trabalhou com grandes nomes da música brasileira como Egberto Gismonti, Gilberto Gil, Ivan Lins, Mart’nália, Seu Jorge, Toni Garrido, Fernanda Abreu, Nei Lopes,Luiz Carlos da Vila, Tantinho da Mangueira, Marcio Bahia, Carlos Malta entre outros.