13 de outubro de 2016

Resultados

orquestra24Usando a Música Popular Brasileira como a verdadeira ferramenta de aproximação, derrubando barreiras culturais e sociais, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana vem conquistando vários jovens que têm origem nas comunidades de baixo IDH, de diferentes pontos da cidade, trazendo valores que ultrapassam os limites do ensino teórico-musical.

foto1A convivência diária com a prática da música, o respeito às diferenças, e ao limite de cada um, o entendimento dos talentos de cada um, o que requer parceria e respeito ao outro, têm produzido ótimos resultados em termos de sociabilização, que são partilhados com o grupo familiar e de amigos desses jovens.

Além de toda a satisfação e alegria em perceber a evolução e o empenho desses jovens em seu aprimoramento na carreira da música, o sucesso das apresentações em diversas programações culturais da cidade faz da Orquestra Violões do Forte de Copacabana a maior referência de superação de obstáculos. O investimento na formação musical do jovem dá a cada um deles a certeza de que é um agente de mudança, pois, em contato com seus semelhantes, realiza trocas que lhe permitem avaliar-se permanentemente, sendo, ainda, portador para o seu meio familiar de novos comportamentos e atitudes condizentes com a noção de cidadania.

A Orquestra de Violões do Forte de Copacabana traz ainda a oportunidade de profissionalização destes jovens. De forma natural, muito deles estão criando seus próprios grupos ou se engajando em atividades profissionais como, por exemplo, as próprias Forças Armadas. Como resultado de diversas apresentações do projeto, já tivemos nossos jovens se profissionalizando em diversos projetos na cidade do Rio de Janeiro:social_soul2

  • O Grupo Social Soul, formado por componentes da Orquestra, venceu o concurso “Vou Tocar no Estação Rio”, da Rede Globo que buscou talentos musicais entre jovens das escolas públicas do Rio e disputaram com outras seis bandas e artistas entre 500 escolas.
  • Vários componentes hoje são músicos das Forças Armadas;
  • A clarinetista e cantora Cassia Raquel é destaque nos musicais de Claudio Botelho e Charles Möeller nas peças:
    cassia2

    • Hair
    • New York New York o Musical
    • Beatles num Céu de Diamantes
    • S’imbora, o musical – a história de Wilson Simonal